Vale apena ter um alarme?

9.24.2018

Será que vale a pena ter um alarme no automóvel?

 

Existem muitos alarmes automóvel no mercado, mas apenas algumas são de marcas mais recomendadas.

Nos últimos anos o mercado ficou inundado de alguns modelos de bom preço, mas de baixa qualidade de fabrico, e principalmente sem homologação para o mercado europeu.

Cuidado na hora de escolher; principalmente se comprar um alarme online e depois o levar a um eletricista porque pode ficar mais caro!

Este profissional não pode dar garantia desse equipamento nem suportar os custos do tempo gasto com dificuldades na programação aos sinais de controlo do veículo por exemplo.

 

SABIA QUE: A GT dá todas as instruções da nossa base de dados de esquemas de montagem dos alarmes em todas as marcas automóveis aos instaladores autorizados?

 

Antes de tomar a decisão de instalar um alarme automóvel, considere os seus hábitos diários:

- Costuma deixar objetos de valor à vista no automóvel?
É a razão número um pelos assaltos. Óculos de sol, carteiras, pastas, malas e telemóveis à vista dentro do veículo são o verdadeiro chamaris de interesse para ser alvo de roubo.

- Costuma estacionar o automóvel longas horas em locais de risco?
É inevitável. Muitas vezes tem que deixar o automóvel estacionado durante a noite ou mesmo durante o dia na via pública...

- O seu automóvel tem um valor considerável para si que também precise de ser protegido contra roubo ou reboque?
Não importa o ano do carro, nem o valor em euros que lhe custou. Se é seu tem que ficar protegido.

- Precavém a sua exposição em público quando tem que guardar algo no automóvel?
Faz parte dos hábitos do dia a dia. Se precisa de guardar algo no veículo, tente por exemplo fazê-lo antes de iniciar a marcha ou durante a viagem pare 1 minuto em qualquer lado para fazer isso e siga viagem. Pois ao estacionar, podem estar a vê-lo a guardar algo na bagageira e a afastar-se do veículo. Esse comportamento pode chamar a atenção do amigo do alheio.

 

Diferentes Alarmes Automóvel

Os alarmes automóvel possuem diferentes caraterísticas que fazem variar o seu preço.

Existem alarmes auto com localizador GPS do veículo e os alarmes tradicionais que podem funcionar com ou sem os comandos originais do veículo que ao abrir a porta desliga o alarme.

Existem ainda alarmes que podem bloquear o motor para o deixar imobilizado.

Depois existem alarmes em que a sirene pode ser ligada à central por fio para ser alimentada por corrente elétrica de 12v ou sirene alimentada via rádio (auto-alimentada) que não precisa de fios para trabalhar facilitando assim a montagem e aumentado o nível de segurança, pois não tem cablagem que possa ser cortada para calar o alarme.

No interior do veículo é instalada a central que controla o sistema. Faz o controlo perimétrico das portas, capot e bagageira. Dependendo do tipo de alarme que escolher, pode ligar com o serviço satélite para fazer a geolocalização em tempo real do veículo e é aqui que faz o corte de corrente ao motor.

Ainda dentro do veículo são instalados sensores ultrasons que detetam além do movimento, o barulho estridente ao partir os vidros para fazer atuar a sirene de alarme. E nos veículos descapotáveis, estes sensores têm que ser especiais para evitar os falsos alarmes.

Outra funcionalidade muito interessante é o sensor de choque que quando instalado e ligado ao sistema satélite, envia automaticamente um alerta com a possibildiade de acidente ocorrido juntamente com a localização do veículo.

E tudo isto é possível com os alarmes GT que usam a tecnologia CAN BUS dos veículos para facilmente se integrarem com todo o sistema.

 

Depois de perceber estas características será mais fácil perceber que as opções são muitas, e os preços variam logo à partida sem incluir o preço da instalação. Mas procure sempre um instalador autorizado GT para calcular e perceber a vantagem em meter um alarme no automóvel.